Perguntas

Projeções em Bolos (13)

É uma projeção de videografismos temáticos e/ou personalizados preparados para encaixe perfeito em uma ou mais partes de um Bolo, respeitando suas características estruturais básicas: medidas, formato e decoração. As imagens serão projetadas exclusivamente sobre o bolo, sem afetar demais elementos ou o ambiente ao seu redor.

O Bolo geralmente é fornecido pelo contratante, produzido pelo fornecedor de sua preferência, de acordo com especificações de formato e medidas previamente acordados.

O Bolo pode ser todo verdadeiro, todo falso ou uma mistura dos dois. Importante lembrar que após o corte de um bolo verdadeiro, muito provavelmente será necessária a interrupção da projeção.

Geralmente, todas as faces verticais visíveis ao público são projetadas. Porém, pode variar de acordo com o projeto do bolo, seu tema, decoração, posicionamento no salão de festas e as possibilidades de instalação do(s) projetor(es).

A projeção costuma ser realizada sobre bolos com quatro ou cinco níveis (andares), não existindo um tamanho limite, cabendo portanto utilizar o bom senso. A distância padrão de instalação do projetor poderá variar de acordo com o tamanho do Bolo. No caso de dois ou mais projetores, esta distância precisa ser simétrica com relação ao Bolo.

Não existem regras absolutas, apenas recomendações para a utilização de um Bolo branco, liso, no formato retangular piramidal com até 5 andares, com lados e bordas bem definidos e sem áreas muito arredondadas. Outros formatos, inclusive cilíndricos ou com partes previamente decoradas, podem ser viabilizados se planejados em conjunto com o cliente e com o profissional responsável pela produção do Bolo.

O projetor geralmente é posicionado de 4m a 6m de distância do Bolo, a uma altura que pode variar entre 2m a 4m acima do piso.
Preferencialmente, deve ser instalado em uma estrutura própria de “box truss” ou preso ao teto, isolado de outras estruturas ou equipamentos que possam vibrar, balançar, causando o deslocamento da projeção.

Os projetores deverão ser desligados definitivamente, pois não podem haver erros de projeção nas faces do Bolo.

01 projetor para uma projeção 180 graus, ou seja, toda a frente do Bolo;
02 ou 03 projetores para uma projeção 360 grau, dependendo de seu formato geométrico.

Não!
Uma vez posicionado, mapeado e com projeção ativa, o Bolo não deve ser movimentado! Caso seja movimentado, os projetores serão desligados definitivamente. Mesmo retornando o Bolo à sua posição original, não será possível reposicionar a projeção manualmente com precisão, tão pouco poderá ser realizado novo procedimento de “mapping”.

 

 

Nestes casos, recomenda-se que os lados “ocultos” à projeção sejam previamente decorados tradicionalmente como qualquer outro Bolo. A partir do momento que seja necessário movimentar o Bolo, a projeção será desligada definitivamente. No retorno do Bolo ao seu local de origem, este é rotacionado para ocultar as faces lisas previamente projetadas,passando a exibir para os convidados os lados e as faces previamente decoradas.

Sim!
Geralmente o conteúdo projetado é exibido em “looping”, ou seja, é cíclico. Porém, o Bolo pode ser controlado em tempo real pelo VJ, alternando o conteúdo projetado de acordo com o cronograma de uma festa.
Também é possível existir uma interatividade real, alternando o conteúdo projetado no Bolo, o qual é sensível ao toque humano em determinadas áreas.

Não!
Por tratar-se de uma projeção, deve-se observar as seguintes condições:
– O Bolo não pode ser projetado durante o dia em ambiente aberto ou muito claro;
– Todo tipo de iluminação, direta ou indireta, pode causar interferência na qualidade da projeção;
– Preferencialmente o Bolo deverá estar em um ambiente menos iluminado;
– Preferencialmente o Bolo deverá estar protegido da aproximação de convidados, para evitar a interrupção da projeção através da produção de sombras;
– A fumaça e as luzes da pista de dança também podem interferir na qualidade da projeção, assim como luzes e flashes das equipes de filmagem, se focadas diretamente sobre o bolo.

VJ e Video Mapping (6)

Tecnicamente, trata-se de qualquer projeção preparada para uma exibição precisa, em uma proporção diferente dos formatos de vídeo tradicionalmente conhecidos.
Artisticamente, é uma técnica utilizada para a realização de projeções sobre estruturas “não-tradicionais”, de formato e volume irregular, quer sejam arquitetônicas, artísticas ou cenográficas, respeitando sempre suas formas geométricas tridimensionais, projetando imagens com encaixe perfeito, proporcionando luz e movimento a estas estruturas.
Projeções em castelos europeus são bons exemplos deste tipo de projeção. A projeção mapeada, porém, pode ser feita também em ambientes fechados e sobre estruturas decorativas e objetos de menor porte.

 

 

Tecnicamente, trata-se de qualquer vídeo preparado para encaixe preciso em dispositivos de exibição com proporções diferentes dos formatos tradicionalmente conhecidos. Muito utilizado para a exibição múltipla de vídeos em sistemas de VideoWall ou em Painéis de Led, em sua totalidade ou em partes, de acordo com os inúmeros layouts e formatos de exibição possíveis.

Apesar de ambas as técnicas terem como objetivo o mapeamento preciso de videos para formatos de imagem “não-tradicionais”, a Projeção Mapeada, em sua maioria, utiliza um ou mais projetores para mapear imagens sobre estruturas geométricas diversas, enquanto que Vídeo Mapping é o mapeamento de vídeos através dos diferentes dispositivos de exibição existentes e seus diferentes formatos, como Painéis de Led e sistemas de VideoWall.
Projeção Mapeada é realizada sobre castelos, prédios e demais estruturas, enquanto que o Video Mapping é mais utilizado em pistas de dança e grandes eventos de música eletrônica.

 

É um sistema para exibição de imagens, baseado em Telas de Tv Full HD com bordas finas, montadas e organizadas lado a lado, em mosaicos de telas, de acordo com a quantidade de telas contratadas e o layout especificado pelo cliente. Muito utilizado em vitrines de lojas e em painéis de mídia informativa nos grandes shoppings centers.

 

São painéis modulares que apresentam minúsculos pontos de Led posicionados lado a lado. Os Painéis de Led possuem diferentes resoluções de acordo com a distância em “mm” entre os pontos de Led. Quanto menor a distância entre os Leds, maior será a resolução da imagem exibida e maior será o custo do painel, o qual é sempre contratado por metro quadrado.
É muito utilizado nos palcos dos grandes eventos musicais.

O VJ é o profissional responsável pela exibição das imagens em qualquer evento que demande controle e mixagens em tempo real.
Existem diferentes categorias de VJ:
– DVJ – É um DJ que adicionou atribuições e características de um VJ. Geralmente trabalha independente e apenas com videoclipes das músicas que toca.
– VJ Atração – Vem sempre acompanhando artistas e atrações musicais específicas, utilizando um banco de imagens pré existente, atuando sempre com uma mesma cronologia ensaiada.
– VJ Básico – Se apresenta em conjunto com qualquer atração musical contratada, utilizando videografismos abstratos de acordo com o estilo e ritmo musical em execução.
– VJ Produtor – É capaz de produzir conteúdo personalizado para os clientes e as distintas atrações musicais. Produz conteúdo de acordo com a tecnologia de exibição contratada e faz o mapeamento para encaixe preciso seguindo o layout determinado para cada evento. Também se apresenta em tempo real.

 

Load More